TÃO PERTO, TÃO LONGE: O PARADOXO BRASILEIRO NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

Maria Aparecida da Aparecida da, Vânia Maria Galdino da Silva

Resumo


O presente artigo consta de uma análise sobre as facilidades trazidas pela internet como meio de comunicação do século XXI, sobretudo no que se refere às conseqüências evidenciadas para o âmbito educacional. Enfatiza o caráter da aproximação entre as pessoas e povos provocada pelo rompimento das fronteiras configurado na sociedade em rede. Faz uma reflexão a respeito das possibilidades que a tecnologia via rede apresenta aos países subdesenvolvidos, colocando-os em condições “privilegiadas” para “queimar etapas” rumo ao desenvolvimento. Mostra como a proximidade da informação afeta, modifica e até dispensa a educação nos moldes clássicos de sua configuração. Chama a atenção, porém, para um paradoxo subjacente ao contexto da sociedade informacional nos países em desenvolvimento com destaque para o Brasil: está tão perto da informação não significa ter acesso a ela, principalmente quando um dos impedimentos é a superação do desafio de assegurar escolaridade para todos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.